Clareamento dental – Quais os limites para realizar o procedimento?

06/08/2018

Uma das opções mais procuradas para alterar a coloração do dentes é o clareamento dental. Contudo, na procura por um sorriso perfeito, devemos lembrar de buscar o melhor procedimento com o melhor profissional. Pesquisa e recomendações de amigos são ideais para orientar a escolha, porém, no final, é você quem decide.

Quanto mais sessões, é melhor?

A técnica da Odontologia Estética, quando feita inadequadamente, pode prejudicar seus dentes. Você sabia que sessões de clareamento, por exemplo, não estão necessariamente relacionadas a inúmeras sessões de clareamento dental? O IBIO vai te explicar melhor esse tema!

Pode parecer que quanto mais sessões de clareamento forem realizadas, mais rapidamente seus dentes ficarão mais brancos. Contudo, não é exatamente assim. O recomendável é um mínimo de duas sessões e o máximo de quatro. Respeitando um intervalo mínimo de uma semana entre um procedimento e outro. Resguardar esse período é importante, já que – quando não o intervalo não é respeitado – podem ocorrer alterações estruturais do esmalte e da dentina. Os dentes podem até mesmo apresentar uma diminuição de microdureza do esmalte.

Para evitar complicações, é fundamental que o dentista saiba identificar quando chega a esse ponto. Assim o profissional pode interromper o clareamento dentário e não prejudicar o paciente.

Como funciona e quanto tempo dura?

A composição ácida dos clareadores intensificam a porosidade do esmalte, infiltração de restaurações e sensibilidade nos dentes. Alguns clareadores podem até mesmo acabar queimando a mucosa bucal. O cáustico, por exemplo, é um tipo de clareador que pode chegar a prejudicar a mucosa bucal e estimular as causas que desencadeiam o câncer de boca: como produtos do tabaco, bebidas alcoólicas, etc. Esse é um dos motivos que tornam tão importante as consultas a dentistas de confiança e jamais realizar nenhum procedimento por conta própria.

Não há como definir exatamente o tempo de duração de um clareamento dental, mas os resultados variam conforme os cuidados relacionados à higiene bucal e com a alimentação. Bebidas e comidas que contenham muitos corantes, por exemplo, devem ser evitadas durante esse período. É importante destacar que quando os dentes clareados ficam escurecidos novamente, jamais voltam a sua cor original.

Clareamento também é coisa séria. Portanto, procure um profissional de confiança que possa te orientar quanto ao tratamento mais indicado para o seu caso. De preferência, escolha o profissional que ofereça o resultado mais natural possível: aquele que combine mais com você.

Quer saber mais sobre o assunto? Deixe sua dúvida nos comentários. Estamos aqui para te ajudar!

Aproveite e marque sua avaliação gratuita com quem entende melhor do assunto: deixe seu contato nos comentários e nossa equipe entrará em contato para agendar um horário que fique mais confortável para você!  

alimentação ácida
atm
bichectomia
botox
buchecha
cirurgia
clareamento dental
clínica de estética
clínica odontologica
cuidados na alimentação
dentição
dentista
dicas
enxerto ósseo
estética
estética buchecha
estética corporal
estética dental
extração de siso
gengiva
idosos
implante dentario
lipo
odontologia
onde fazer implante dentario
ortodontia
osseointegração
papada
pós-operatório
prótese dentária
prótese fixa
prótese móvel
reuperação
saúde
saúde bucal
siso
tratamento de canal
valor implante dentario

Compartilhe esse artigo