O que fazer quando não posso ir ao dentista imediatamente?

03/09/2018

Sentir dor de dente fora de hora é um incômodo que pode afetar qualquer um. Se você não possui um dentista disponível para consultar-se em momentos de emergência, o provável é que você tenha que tentar resolver a situação enquanto espera o momento da consulta. Para isso, separamos algumas dicas para te ajudar a saber o que fazer quando não pode ir ao dentista imediatamente.

Lembrando que essas dicas são para momentos em que realmente é impossível comparecer ao consultório. Nenhuma medida é capaz de substituir uma avaliação de um profissional para dar o diagnóstico correto e o tratamento adequado para o problema.

A dor de dente pode surgir pelos mais variados motivos, sendo que a mais comum é a  exposição da dentina. Ela pode ser ocasionada por uma lesão de cárie ou uma retração gengival, além de infecções ou inflamações.

O primeiro procedimento que você pode realizar para aliviar a dor é fazer um bochecho com água morna e sal. Isso porque esse elemento serve como agente para eliminar possíveis infecções. Além disso, o calor da água morna drena os fluidos da área da infecção, acalmando o tecido inflamado.

Chupar uma pedra de gelo ou fazer uma compressa de bolsa fria na bochecha também pode resolver. O gelo diminui o fluxo sanguíneo na região e reduz o inchaço. Caso a dor seja causada pela exposição da raiz pela retração gengival. Pode-se também cobrir a área exposta até que você chegue ao dentista. Isso impede que os agentes externos, como frio e o calor, alcancem o dente.

Existem alguns remédios caseiros que podem trazer alívio à dor de dente até o dia da consulta com o dentista. Entre eles estão:

Alho

Possui propriedades medicinais que podem diminuir a dor instantaneamente, além de conter a ação bactericida.

Própolis

 Poderoso anti inflamatório, não possui contraindicações. Também age como bactericida.

Cravo

 Com ação analgésica, é uma das escolhas mais práticas para aliviar a dor. Basta mascar o cravo no local do desconforto, cuidando para não deixar em contato por tempo demais com a mucosa – para evitar queimaduras.

Evite a automedicação. O uso em doses erradas ou remédios inadequados, pode ser mais prejudicial à saúde do que a dor em si. O quadro de infecção pode piorar com o uso de anti inflamatório sem a associação correta com um antibiótico.

Mesmo que a dor passe, não deixe a consulta com o dentista de lado. Você precisa de um diagnóstico para saber o que está causando a dor. Lembre-se que, quanto mais você demorar para procurar atendimento, mais o problema vai se agravar. Para curar-se completamente, só com a consulta em um especialista. A boa higiene bucal pode prevenir esses inconvenientes, por isso, mantenha uma boa escovação para evitar esse quadro.

Precisa marcar uma avaliação? Deixe seu número e receba o contato da equipe do IBIO para marcar sua avaliação totalmente gratuita no dia e horário mais confortáveis para você.

alimentação ácida
atm
bichectomia
bochecha
botox
cirurgia
clareamento dental
clareamento dental caseiro
clínica de estética
clínica odontologica
cuidados na alimentação
dentição
dentista
dicas
enxerto ósseo
estética
estética buchecha
estética corporal
estética dental
estomatologia
extração de siso
facetas de porcelana
gengiva
idosos
implante dental
implante dentario
lentes de contato dental
lipo
odontologia
onde fazer implante dentario
ortodontia
osseointegração
papada
pós-operatório
Proteção aos dentes
prótese dentária
prótese fixa
prótese móvel
reuperação
saúde
saúde bucal
siso
tratamento de canal
valor implante dentario